sexta-feira, setembro 30, 2011

Porta canetas

Indisponível

quinta-feira, setembro 29, 2011

Parabéns Vó Lidia

29 de Setembro
A minha Avó era Maria para os outros , para mim sempre foi a Vó Lidia .
Fazia as melhores panelas de sopa que alguma vez já comi , e o arroz doce nem se fala .
Ia dormir a casa da Vó Lidia muitas vezes ,
principalmente nas férias porque havia muita canalha para brincar no largo .
Um desses dias de Verão a Vó Lidia viu-me ser atropelada naquele largo por um rapaz que andava por ali de mota e quase desmaiou “- Eu não te disse para tu não andares p`raí a correr priga ?” - Disse ela a gaguejar .
( esta já não tinha sido a primeira vez que a Vó Lidia me via ser atropelada )
A Vó Lidia também era tratada por Ti Maricoxa , porque tinha uma perna manca - E foi ela que me ensinou a não gozar com as limitações dos outros . 
Também foi ela que me ensinou a escrever o  nome , a coser , a bordar e a fazer mudas nas plantas .
A Vó Lidia andava sempre a dizer para eu escrever com o caderno direito e para tirar o cabelo dos olhos – “Ai priga, ainda vais ficar com a vista torta !”
A Vó Lidia andava sempre vestida de preto porque perdeu um filho e sofria muito silenciosamente com essa dor ,
às vezes dava conta de uma lágrima a cair pela cara abaixo e perguntava-lhe o que é que ela tinha . Ela , sempre muito calma dizia : “- É a vida filha , que nos prega partidas tão grandes !”
Foi a Vó Lidia que escolheu o meu nome .
A Vó Lidia contava-me muitas estórias e histórias e se eu pudesse guardar um cantinho da casa dela no meu bolso seria , com certeza , atrás do postigo da porta da cozinha . Como não posso , guardo nas lembranças os maiores e melhores ataques de riso que tivemos juntas.
Na casa da Vó Lidia e do Vô Chico havia um sotão que era a minha perdição , cheio de malas que guardavam tesouros ( muitos tecidos , botões , fatos de carnaval , roupas antigas , e um acordeão “– Ó - Vó , p`ra-qué-q` is-to- ser-ve ?” Dizia eu com os olhos arregalados
“ -Era do teu Avô que se fartava de tocar quando era novo ! “)
Ela deixava-me brincar com tudo .
Tudo .
Mesmo que a cabeça lhe doesse e eu andasse às voltas com o bendito acordeão .

quarta-feira, setembro 28, 2011

Triste

Adivinha quais são os mais bonitos ? Os nossos , os autênticos Abracinhos :)* Os outros ? Os outros são de alguém que pensou que se lhes tirasse os braços e as pernas iria ter um boneco original ...

Temos mais de 100 Abracinhos vendidos em Portugal e fora do País , nunca se esqueçam disso !

segunda-feira, setembro 26, 2011

Coiococol na Bélgica






O Coiococol  chegou à Bélgica e chegou muito bem , mostrou ser um heroi  e 
é por isso que cada vez tenho mais sonhos , mais desejos , mais vontades .
Obrigada por tudo Mónica :)*