// Coiococol: 24/05/15 - 31/05/15

sexta-feira, maio 29, 2015

O que andas a fazer com o teu tempo ?



Uma das frases que mais ouço é  "Não tenho tempo " . Não tenho tempo para fazer exercício, não tenho tempo para ir ao parque com os meus filhos , não tenho tempo para namorar com o marido , não tenho tempo para me dedicar a fazer uma comida mais elaborada  , não tenho tempo para ler , não tenho tempo para me dedicar a um hobby , não tenho tempo para ligar aquela pessoa que está a precisar que saibam dela  , não tenho tempo para nada .

 Muitas vezes dou comigo a pensar se esta frase já não estará banalizada , se não é uma excelente desculpa para a nossa consciência , para nos livrarmos de maneira fácil à culpa , uma ótima justificação para nos livrarmos da entrega  .

Somos todos pessoas sem tempo , com uma vida que passa a correr  , pessoas que têm igualmente 24 horas por dia , mas que não têm tempo . 
Será que é o medo de falhar que nos leva a dizer que não temos tempo ?

É claro que temos que saber gerir o nosso tempo , organiza-lo de maneira a conseguir o que ambicionamos , investir nos relacionamentos que temos , seja com marido , filhos , pais, amigos, etc , afinal o amor não é só um sentimento , é também uma ação . Podemos amar muito , mas se não demonstramos esse amor , as outras pessoas não o vão sentir , não é ?

Achamos que vamos viver para sempre , agimos no nosso dia a dia como se isso fosse verdade , mesmo que a nossa cabeça  de vez em quando até nos possa dizer o contrário  . Agimos como se tudo fosse um dado adquirido , uma lei .
Só que a realidade é que tudo é temporável. Tudo vem e tudo vai . E a vida vai-te pondo à prova , mesmo que não tenhas tempo .

Leonardo Da Vinci disse um dia que o tempo dura bastante para aqueles que sabem aproveita-lo ,
por isso , motivação é o que precisas para começar , hábito é o que precisas para continuar :)

Beijos e bom fim de semana ,
Carla

Trabalhando :)

Os trabalhos que ainda não tinha mostrado , parece que as meninas estão em grande :)
1 abracinho para celebrar o 1º aniversário da bebé Catarina e que tal como ela , adora saias de tule . Prevemos portanto que a Catarina vá brincar muito com a sua nova bonequinha  :)



 E continuando no rosa , mais dois babetes para outra bebé ainda mais pequenina :)


Espero que tenham gostado . 
Beijos , Carla 

quarta-feira, maio 27, 2015

Namorinho bom :)


Gosto tanto deste namorinho , quando aprendem a escrever e deixam bilhetinhos espalhados pela casa , quando esperam uma resposta nossa e deliram ao saber que " o correio já chegou " :)
Quando os ouvimos a soletrar as sílabas e a gaguejar com algumas palavras mais dificeis .Quando , depois de tudo decifrado nos vêm dar um abraço . É assim o mundo de quem aprende a ler e a escrever . O David agora passa os dias a rabiscar folhas e na porta do frigorífico já não há espaço para tantos recadinhos . 

O Rodrigo já não quer saber destes papelinhos para nada , já teve esta fase e tal como tantos  outros , também ele já não escreve para a sua mãe assim  . Pontualmente lá aparece uma carta ou um desenho dele mas nada de abusos sim ?
Afinal já tem 10 anos e como ele diz : Ó mãe , achas que sou uma criança ?
[ Não !!!! Que ideia tão parva  , de onde é que eu fui tirar isso ? ]

Na semana passada , pela primeira vez , senti-o a evitar-me dizer aquele adeus efusivo ao pé dos amigos , fê-lo com a mão meio escondida e envergonhada para que mais ninguém  reparasse no adeus à mãe . E já me disse :
- Ó mãe , ao pé dos meus amigos não me chames Rodriguinho !
- Está bem ! Vou passar a chamar-te Rodrigão ...
Ficou esbaforido comigo , amuou e não me falou durante mais de meia hora . 

O meu Rodriguinho ?
Logo ele que quer que eu esteja sempre ao pé dele , se está no quarto eu tenho que estar ao pé dele , se está a ver televisão eu tenho que estar ao pé dele . Logo ele que adora que eu lhe faça festinhas no cabelo e lhe diga que é o meu orgulho , logo ele que deixa a mãe para o fim nos beijinhos de boa noite para ser eu a dar-lhe o beijinho mais demorado e um dorme bem " como só tu fazes mãe " . Logo ele que ainda ontém usava fraldas e dormia enroscadinho a mim , ele que dormiu tantas e tantas noites entre mim e o pai  e nos pontapeou forte e feio enquanto dormia atravessado . Logo ele que adora que eu lhe diga que o amo , tanto, tanto e que ainda tem o cordão umbilical tão preso a mim . 
Raça do miúdo , pá ! Tem dias que só me apetece pô-lo  dentro de um frasco  e proíbi-lo de crescer , se não fica de castigo até aos cem anos !!!

*Notinha : O meu Rodriguinho leu e deu autorização para publicar este texto . O Rodrigão, para sorte de todos , folgou nesse dia :)

Beijos, Carla 





terça-feira, maio 26, 2015

Como fazer etiquetas em casa

Para quem gosta de criar peças à mão e dá bastante valor ao que é feito hand made este assunto vai interessar de certeza :)
Se calhar uns já sabem , mas se puder ajudar outros a conhecer um método de fazer etiquetas em casa sem usar máquinas especificas , nem impressoras e ferros , tanto melhor , não é ?
Afinal é para isto que servem os blogs , partilhar conhecimentos e aprendizagens , descobrir novas formas de trabalho e muitas vezes mais funcionais . Claro que isto depois depende sempre da perspetiva de cada um , mas eu fico feliz quando consigo transmitir algo positivo a alguém . 


É um processo bastante rápido , fácil e económico = tudo o que queremos , e que resulta !

O que precisamos :
* Fita ( pode ser viés , gorgurão ou de algodão - eu prefiro a última , ah ! de preferência lisas e de cores claras )
* Um conjunto de carimbos com letras 
* Tesoura 


Colocamos o que queremos que esteja escrito na etiqueta , não se esqueçam de colocar num modo espelho , ou seja , o inverso da ordem das letras .


Depois vem a parte engraçada , carimbar, carimbar, carimbar ... deixando um pequeno espaço para que depois dê para cortar e coser . Deixem secar , esta tinta caso seja de boa qualidade , não sai nas lavagens a 30-40ºC .


Em cortando é só guardar :)


Espero que tenha sido útil!
Beijos , Carla




Provérbios populares



Se havia coisa que em criança gostava de ouvir eram provérbios , não sei explicar porquê  só sei que lhes achava bastanta graça .
Hoje sei que estes ditados populares vão muito mais além da graça , todos eles têm a sua lógica e sabedoria e os antigos sabiam bem o que diziam . 

* Quem diz o que quer , está sujeito a ouvir o que não quer.
* Não dá quem tem , dá quem quer bem .
* Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje .
* Cão que ladra não morde .
* Grão a grão enche a galinha o papo.
* A galinha da vizinha é melhor que a minha .
* Depois da tempestade vem a bonança .
* Não há duas sem três .
* Quem muito fala pouco acerta .
* A palavra é prata , o silêncio é ouro .
* Deus dá nozes a quem não tem dentes .
* Amor com Amor se paga .
* A amar e a rezar ninguém se pode obrigar .
* A pior roda é a que mais chia .
* A pressa é inimiga da perfeição .
* A união faz a força .
* Antes só que mal acompanhado. 
* Casa que não há pão todos ralham e ninguém tem razão .
* Conforme se toca assim se dança .
* Nunca digas desta água não beberei .
* Quando a esmola é muita o pobre desconfia .
* Quando a cabeça não tem juizo o corpo é que paga .
* Quando um não quer , dois não teimam .
* Roupa suja lava-se em casa .
* Um dia é da caça , outro é do caçador .
* Água mole em pedra dura tanto bate até que fura .

E podia estar aqui o dia todo , que existem tantos mas tantos provérbios que se encaixam tão bem na nossa vida e nas situações vividas .

Beijos , Carla

segunda-feira, maio 25, 2015

Reciclar latas

Tenho um gostinho especial em dar uma nova oportunidade a um objeto , objeto que à partida iria para o lixo - mais tarde até vai , porque depois também me dão grandes revoadas em que tudo e mais alguma coisa deixa de ter utilidade  . Eu sou assim , o que hei-de fazer ? 
Bom, mas voltando às latas . 
As latas de chocolate em pó são ideais para porta canetas , porta pinceis , guardar tesouras  e por aí fora ... como já mostrei aqui :
http://blogdacarlacapricho.blogspot.pt/2013/02/vamos-reutilizar.html
e aqui :
http://blogdacarlacapricho.blogspot.pt/2013/08/reciclar-latas.html

Na maioria das vezes  , quando olho para elas traço-lhes o destino ainda assim em bruto . 
Mas outras vezes não , e foi o que aconteceu com  estas duas latas de diâmetro igual mas alturas um bocadinho diferentes . Fui decorando , fui escolhendo esta renda e depois uns apliques que tinha por aqui , nada comprado para este efeito e tudo reciclado e reaproveitado  .




Ganhei um porta canetas novo e uma jarra para a minha secretária - dentro da lata coloquei um frasco de vidro para que não entornasse água nem ganhasse ferrugem .


E imaginar que eram assim :)


Beijos, Carla