// Coiococol: Provérbios populares

terça-feira, maio 26, 2015

Provérbios populares



Se havia coisa que em criança gostava de ouvir eram provérbios , não sei explicar porquê  só sei que lhes achava bastanta graça .
Hoje sei que estes ditados populares vão muito mais além da graça , todos eles têm a sua lógica e sabedoria e os antigos sabiam bem o que diziam . 

* Quem diz o que quer , está sujeito a ouvir o que não quer.
* Não dá quem tem , dá quem quer bem .
* Não deixes para amanhã o que podes fazer hoje .
* Cão que ladra não morde .
* Grão a grão enche a galinha o papo.
* A galinha da vizinha é melhor que a minha .
* Depois da tempestade vem a bonança .
* Não há duas sem três .
* Quem muito fala pouco acerta .
* A palavra é prata , o silêncio é ouro .
* Deus dá nozes a quem não tem dentes .
* Amor com Amor se paga .
* A amar e a rezar ninguém se pode obrigar .
* A pior roda é a que mais chia .
* A pressa é inimiga da perfeição .
* A união faz a força .
* Antes só que mal acompanhado. 
* Casa que não há pão todos ralham e ninguém tem razão .
* Conforme se toca assim se dança .
* Nunca digas desta água não beberei .
* Quando a esmola é muita o pobre desconfia .
* Quando a cabeça não tem juizo o corpo é que paga .
* Quando um não quer , dois não teimam .
* Roupa suja lava-se em casa .
* Um dia é da caça , outro é do caçador .
* Água mole em pedra dura tanto bate até que fura .

E podia estar aqui o dia todo , que existem tantos mas tantos provérbios que se encaixam tão bem na nossa vida e nas situações vividas .

Beijos , Carla

Um comentário:

Catarina disse...

Ola querida Carla!
Assim como para ti, também há imensos ditados populares que me remetem à minha infância. E é incrível como ainda hoje fazem sentido. Digo alguns imensas vezes, e adoro quando conheço algum que eu nunca tinha ouvido!
Beijinho enorme, tem um bom dia!