// Coiococol: 20/09/15 - 27/09/15

quarta-feira, setembro 23, 2015

Sem açucar e sem glúten

Hoje em dia , parece que as pessoas estão mais preocupadas com a alimentação e tudo o que ela pode trazer para as suas  vidas . O bom e o mau .
Já todos sabemos do mal que o açucar refinado nos causa e das doenças que dele podem vir , nomeadamente , o cancro . Aquela terrível doença que tem batido à porta de quase toda a gente e que só o nome é assustador .

De há uns 4 anos para cá temos mudado muito a nossa alimentação e já postei aqui várias receitas sem açucar e/ou sem glúten para sobremesas . Posso dizer-vos que esta mudança , no caso do meu marido radical ( eu e os miúdos ainda vamos pecando de  quando em vez !!! ) trouxe grandes melhorias . A mais notória foi a do leite , deixei de comprar leite de vaca substituindo-o por leite de soja , claro que ao inicio estranhamos o sabor mas as constantes dores de barriga também desapareceram de imediato . E isso deu-nos logo que pensar ! 

Parece que estamos no bom caminho , por isso vamos continuando :)
Mas às vezes também nos apetecem doces  , doces daqueles que imaginamos que tem carradas de açucar e imensas calorias porque  o nosso corpo cria hábitos que depois é  dificil deixa-los e a nossa cabeça tem um poder de ser muito traiçoeira . 
Com o tempo o açucar vai realmente perdendo o poder no nosso organismo mas no inicio sente -se falta e são precisos alguns truques para enganar o nosso corpo  . Um deles é substituir o açucar por tâmaras , as tâmaras são muito doces e nenhum bolo que leve tâmaras vai ser menos doce que um que leve açucar refinado  , a diferença é que vai ser mais saudável .

Ao contrário do que se pensa é muito fácil cozinhar sem açucar  e nós que nem apreciamos muito o sabor do côco adoramos esta sobremesa porque não fica nada enjoativo como alguns doces de côco e é simples, mas tão simples de fazer que nem dá para acreditar .


Ingredientes :
100gr de côco
100gr de tâmaras sem caroço
2 colheres de sopa de cacau cru

Triturei tudo na bimby mas pode ser em qualquer outro processador de alimentos.
Depois é só fazer bolinhas , tipo trufas .



Beijos , Carla 



terça-feira, setembro 22, 2015

Scrapbooking

Os últimos dias têm sido a trabalhar com papeis , papeis lindos de morrer , daqueles que dá vontade de ficar ali a olhar para eles e a namora-los tempos sem fim . 
Às vezes tenho pena de os cortar , de perder aquela folha de que tanto gosto e de ficar apenas com pequenos pedacinhos só para recordação  mas depois vejo que não faz sentido nenhum tê-los só para mim e que mais vale partilha-los com quem gosta de os apreciar . Felizmente tenho clientes que se tornaram amigas e que têm gostos parecidos aos meus e vice versa . É fácil eu saber do que elas gostam e normalmente elas também sabem que eu tenho o que procuram .





E às vezes é inevitável filosofar e comparar estes papeis às pequenas coisas da vida , temos que abdicar de algumas coisas que já  temos para conquistar outras novas .



E assim tem estado a minha mesa de trabalho , colorida , florida e desarrumada , mas linda, muito linda .



Beijos, Carla 



segunda-feira, setembro 21, 2015

Cozinha [ depois ]


tinha feito um post sobre a transformação da minha cozinha . Na altura ficou por transformar a mesa e as cadeiras , mas estavamos tão fartos de obras e de pó que resolvemos adiar mais transformações por uns tempos  . Só que  esses tempos foram passando e chegaram a anos ... :) mas , como diz o ditado antes tarde do que nunca .

Este verão , finalmente , as cadeiras e a mesa foram tratadas e recicladas . Apenas quis deixar a cor original nas duas gavetas da mesa .
A mudança foi assustadoramente melhor , até o meu rico maridinho que tem tantas qualidades mas nestas coisas de decoração costuma ter a sensibilidade de um camião TIR  , foi obrigado a dar-me razão :)

A verdade é que branco é branco e é a cor que mais reina cá em casa , já tive paredes pintadas de cor beje, castanho e  azul , mas esqueçam lá isso ! Os tempos mudam e nós vamos mudando também , e a nossa casa vai dizendo muito de nós , de quem somos e de como estamos  . 








Beijos , Carla