// Coiococol: 28/06/15 - 05/07/15

quarta-feira, julho 01, 2015

Volta

Sobre ti não sou capaz de falar mas é inevitável ouvir esta música e não pensar em quem poderia estar  comigo e não está  .

Sobre ti não sou capaz de falar mas sei que o mundo continua a girar , o relógio continua a dar horas, quer dizer que eu continuo a viver , no entanto também vivo a pensar em como poderia ter sido diferente , mas como calculas, sobre isso não sou capaz de falar .

Sobre ti não sou capaz de falar mas sinto falta da tua presença , chego a sentir falta dos momentos de dor e sofrimento , das angústias e tristezas que passámos .

Sobre ti não sou capaz de falar mas sinto falta dos teus olhos,  do encanto d`outrora ... sobre ti não sou capaz de falar porque nessa altura tu estavas entre nós !

Sobre ti não sou capaz de falar mas sinto que ainda não estava na hora , as recordações mais recentes não são as melhores , vi-te sofrer ali perdida numa cama tão cheia de nada ... 
Sentias a morte cada vez mais perto , sentias que te estavam a roubar algo, algo que não voltarias a ter ...
a tua Vida !

Sobre ti não sou capaz de  falar mas como podias ser feliz assim ?
Agora compreendo !

Sobre ti não sou capaz de falar mas naquela altura achava que estavas a ser cobarde , que te estavas a entregar completamente à doença  , que se tu quisesses , tu ías conseguir  .

Sobre ti não sou capaz de falar mas a tua vida estava a chegar ao fim e tu sabias disso .

Sobre ti não sou capaz de falar mas sinto a tua falta  , sinto falta dos momentos mais estúpidos, dos engraçados e até dos que nos deixam menos saudades , sinto falta de te ter ao pé de mim ... porque te amava , porque eras a minha Mãe !

Sobre ti não sou capaz de falar mas sei que os dias passam e parece que eu continuo aqui à espera ,
no silêncio só chegam  recordações ...
Sento-me na cadeira .
 Fecho os olhos e quase que adormeço .
 Finjo sonhar .
Sobre ti não sou capaz de falar mas sonho que  chegas ao pé de mim , que me fazes uma festa no cabelo e que me dizes que vamos começar tudo de novo . Contigo aqui . Agora para sempre  .

Sobre ti não sou capaz de falar mas ainda cheguei a pensar que voltavas , ainda pensei que a vida não era só isto , ainda pensei que te iria abraçar de novo , beijar de novo,  olhar-te e ter-te de novo aqui ao pé de mim .

Sobre ti não sou capaz de falar mas acreditava que ia ter-te aqui comigo nos momentos mais especiais , que ias estar na igreja e ver-me entrar vestida de noiva - e tu  gostavas tanto de noivas ! ,
que ías pegar nos meus filhos ao colo e vê-los crescer , que ías continuar a ouvir-me a dizer disparates e acreditar nos meus sonhos .

Sobre ti não sou capaz de falar mas muitas vezes , antes de dormir temos grandes conversas mentais , escuto com muita atenção o que me dizes e às vezes rio-me baixinho debaixo dos lençois só para ninguém interromper as palavras que dizemos uma à outra , afinal eles não percebem , pois não ?

Sobre ti não sou capaz de falar mas quero dizer-te que acertaste em muita coisa e que hoje eu já não sou só filha e também sou mãe .

Sobre ti não sou capaz de falar mas tu sabes  que me rio quando me dizem que  me pareço tanto contigo [ Eles não sabem é que  tu estás sempre dentro de mim ! ]

Sobre ti não sou capaz de falar e sei que as minhas lágrimas nunca mais vão secar ,
 mas como tu sabes , sobre isso eu não sou capaz de falar .


terça-feira, junho 30, 2015

Arrume a sua casa , arrume a sua vida

Assim que vi este livro que ele me ficou logo debaixo de olho , afinal , arrumações e organizações são temas que me despertam sempre muito interesse .

Gosto sempre de saber o que os outros fazem para manter os seus objetos organizados e as maneiras mais fáceis de arrumar as suas  casas sem perder muito tempo com isso .
 Há dicas que podem ser bastante uteis e que funcionam muito bem no nosso  dia a dia , depois há outras que experimento e  a curto prazo vejo que não funcionam cá em casa , mas obviamente , o que não funciona comigo pode funcionar com os outros e vice versa .

Gosto de ter tudo organizado e sim , sou daquelas pessoas que arrumam a roupa no roupeiro por cores , das mais escuras até às mais claras :)
Pode ser uma mania estranha para muitos , para mim vejo como um processo de fácil visualização e arrumação de uma peça de roupa , assim é mais fácil saber onde está o que quero e voltar a coloca-la no sitio novamente .

 Manter uma casa  arrumada é bem mais fácil do que a maioria das pessoas imaginam , e se a casa estiver arrumada  a limpeza torna-se mais fácil e mais rápida ,  e eu duvido que haja alguém que goste de perder horas a fio a arrumar e a limpar a sua casa . 
Não estou a falar de milagres , mas acho que a maioria das pessoas não sabe que se todos os objetos tiverem um sitio próprio , não vai haver desarrumação .Se houver algum segredo , então posso dizer que o segredo é este :)

Sobre o livro , concordo com a autora em que diz que hoje em dia , a maior parte de nós tem a casa cheia de tralha e que  vivemos com mais coisas  do que realmente precisamos . Coisas que usamos uma vez no ano ou às vezes nem isso ... 

Fiquei a saber que depois de um bom destralhamento ainda podemos perder uns quantos quilos :))) e isso agrada a toda a gente !
Mas também há coisas que para mim não funcionam , neste momento ainda não sou capaz de deitar tudo fora dos meus filhos , provavelmente um dia mais tarde eles não irão querer saber de nada do que eu fui guardando  e não irão ligar nenhuma a recordações , mas hoje ainda se derretem com as suas roupinhas de bebé por exemplo e ainda exclamam um "ohhhh que fofinho mãe .... " e enquanto isso for acontecendo eu vou arranjando espaço para isso :)


No inicio do ano fiz um grande destralhamento  cá em casa , e sim , vamos acumulando coisas que não nos servem para nada , sempre com a esperança que um dia isso irá ser preciso . Mas raramente esse dia chegará  !
Podem vê-lo aqui :





Beijos, Carla


segunda-feira, junho 29, 2015

Portinho da Arrábida

Se eu tivesse que eleger a minha praia preferida , essa era sem dúvida a praia do Portinho da Arrábida , onde o contraste da serra com o mar é inigualável . A areia fina e branca , o mar completamente transparente  , as folhas  das árvores que dançam com a brisa do mar e ainda  o que para mim é prioritário , ou seja , nada de confusões e muita gente . Talvez seja um defeito meu , mas nesse aspeto sou um bocadinho bicho do mato e normalmente tenho tendência a fugir de multidões  e sitios a que " toda a gente vai " . Gosto de calma , nada de confusões e stresses , gosto que a tropinha tenha espaço  para brincar e que eu os veja sempre e não ter a sensação de que estamos sempre em cima da toalha do vizinho  , gosto de saborear o sitio onde estou e aqui , normalmente consigo isso  . O  unico senão  são as pedras ... mas , não podemos ter tudo :)





E como o Verão chegou com toda a sua bravura , as minhas refeições preferidas são as leves e frescas . Felizmente a terra dá-nos o que podemos ter de melhor para a nossa alimentação e as courgettes são tão versáteis que ficam bem em quase tudo .
 Como tenho a sorte de ter tido muitas este ano , tenho usado algumas em quiches de aveia e legumes  que para mim são as rainhas da estação , em que podemos preparar a refeição com antecedência e depois comê-la fresca só com uma salada.


No trabalho tive que fazer uma ausência forçada , partiu-se uma peça da máquina de costura e tive uns dias sem costurar enquanto estava a ser arranjada . Não a sinto ainda a 100% , tenho trabalhos para entregar antes de irmos de férias e confesso que estou pela primeira vez , nestes anos todos, um bocadinho receosa ... a ver vamos !

Acabei todas as fraldas que me pediram , aqui ainda só está uma , entretanto vou postando as outras . Esta , posso dizer-vos que é para uma menina mas que ainda não tem  nome , a sua mamã quer também uma colcha para o berço da sua bebé  com este painel do coelho Pedrito da Beatriz Potter , e já está tudo cortadinho :)



Beijos ,Carla