// Coiococol: 08/05/16 - 15/05/16

sexta-feira, maio 13, 2016

E se um elefante incomoda muita gente

Cantei esta canção vezes sem conta para o meu filho Rodrigo que adorava ouvi-la quando era pequenino  :
" Se um elefante incomoda muita gente 
dois elefantes incomodam , incomodam muito mais ,
se três elefantes incomodam muita gente 
quatro elefantes incomodam, incomodam, incomodam, incomodam muito mais 
... " 
Às vezes já estava tão cansada e até perdida nos "incomodam " que me baralhava toda , ele atento chamava-me a atenção , depois a musica ficava no ouvido e era capaz de  tê-la a vaguear-me na  cabeça o dia inteiro :))

Mas isto tudo só para vos mostrar estes dois elefantes que me pediram , ficaram fofinhos e espero que brinquem muito com eles . 






Beijos e bom fim de semana , 
Carla :) 



quarta-feira, maio 11, 2016

Preocupem-se mais com as segundas impressões


Discordo quando dizem que se os conselhos fossem bons não se davam , vendiam-se . Gosto de acreditar que ainda há gente capaz de fazer a diferença e dar tudo o que tem de melhor , até a sua experiência :))

Já muitas vezes ouvi falar que a primeira impressão é a que conta , falam da química, de energias , de que os santos batem ou não com o outro e por aí vai .
Pessoalmente , não gosto de dar importância às primeiras impressões , considero-as em geral filhas do preconceito , muitas vezes na primeira impressão quando conhecemos alguém nem nós estamos verdadeiramente à vontade nem a grande maioria das outras pessoas . 
Depois existem os feitios , o humor daquele dia em particular , nas mulheres existem  as  hormonas e sim há momentos em que atrapalham que se farta :) Acho que somos mais criticas e depreciativas  que os homens . Infelizmente .

Mas gosto de achar que toda a gente é do bem e à primeira vista aquela é uma boa pessoa - pois se eu não gosto que me avaliem e me julguem porque farei isso com os outros ?
Não me interessa se me identifico ou não com a sua maneira de ser , com a maneira de se vestir e de como encara a vida , não me interessa se temos os mesmos ideais nem tão pouco se as palavras que dizem se enquadram ao momento . Quantos de nós já não disse coisas sem pensar que de alguma forma poderá ter magoado outra pessoa ? 

Às vezes sou calada , bem para falar a verdade  sou calada vezes de mais , mas sou bastante observadora e na minha opinião só depois de haver alguma convivência é que somos capazes de tirar algumas conclusões acerca do outro - ainda que muitas vezes de forma leviana  e de maneira limitada .  Cada um sabe da bagagem que traz , o que já passou e viveu e isso  consegue moldar as pessoas .  

Ao longo da minha vida tenho-me cruzado com boas surpresas , com pessoas que independentemente do que vestem , comem , falam e  fazem , têm atitudes que admiro , de entrega ao próximo , de dar o que têm sem nunca o cobrarem , de estarem presentes nos momentos mais importantes sejam eles de felicidade ou de maior preocupação , tenho o privilégio de conhecer pessoas  que independentemente de eu estar presente ou não elas têm o mesmo comportamento para comigo . E isso faz-me admira-las ainda mais  .

Mas mentiria se dissesse que só me tenho cruzado com pessoas genuínas , infelizmente também há no mundo e às vezes bem perto de nós,  pessoas que à primeira vista não partem um prato e estão sempre de sorriso aberto quando te veêm mas que na primeira oportunidade te sugam todas as energias , pessoas que te usam para sua própria conveniência e que quando estão servidos te deitam fora até à próxima vez que precisem de ti . 
Apelido-os de bons fingidores , daqueles que a primeira impressão até foi boa mas que com a  convivência surge a desilusão  , porque envenenam relações com mentiras , com diz que disse e quando te veêm continuam com o mesmo sorriso como se nada fosse . 


Por isso , preocupem-se mais com as segundas impressões . 
Beijos, Carla 


segunda-feira, maio 09, 2016

Trabalhos entregues

O trabalho começou a acumular - por minha culpa porque assim que vi tempo bom comecei a desorganizar-me mais pois as saídas também passaram a ser mais . Mas dizem que com calma tudo se resolve e é bem verdade  :)
Agora estou aqui virada para a janela a escrever e parece que estou em pleno Inverno , chove torrencialmente e das janelas só se vêm fios de água a escorrer do lado de fora , está escuro e mais frio .
Estive a ouvir as mais recentes noticias do incêndio no Canadá , parece que a área ardida são 1.600 quilómetros quadrados - acho que ninguém deve ter  noção da grandeza deste desastre natural e dos danos para o ecossistema .
Fico triste pelas pessoas que sofrem e pela dor que neste momento devem estar a sentir , a maioria só pedia chuva para poder acabar com este pesadelo e realmente é inevitavel não pedir que esta chuva caminhasse até lá e de alguma forma os ajudasse .


Dos trabalhos enviados  foram caixas , pêndulos e porta chaves porque os blocos de madeira foram direitinhos à minha sala :)






Beijos, Carla