quarta-feira, maio 11, 2016

Preocupem-se mais com as segundas impressões


Discordo quando dizem que se os conselhos fossem bons não se davam , vendiam-se . Gosto de acreditar que ainda há gente capaz de fazer a diferença e dar tudo o que tem de melhor , até a sua experiência :))

Já muitas vezes ouvi falar que a primeira impressão é a que conta , falam da química, de energias , de que os santos batem ou não com o outro e por aí vai .
Pessoalmente , não gosto de dar importância às primeiras impressões , considero-as em geral filhas do preconceito , muitas vezes na primeira impressão quando conhecemos alguém nem nós estamos verdadeiramente à vontade nem a grande maioria das outras pessoas . 
Depois existem os feitios , o humor daquele dia em particular , nas mulheres existem  as  hormonas e sim há momentos em que atrapalham que se farta :) Acho que somos mais criticas e depreciativas  que os homens . Infelizmente .

Mas gosto de achar que toda a gente é do bem e à primeira vista aquela é uma boa pessoa - pois se eu não gosto que me avaliem e me julguem porque farei isso com os outros ?
Não me interessa se me identifico ou não com a sua maneira de ser , com a maneira de se vestir e de como encara a vida , não me interessa se temos os mesmos ideais nem tão pouco se as palavras que dizem se enquadram ao momento . Quantos de nós já não disse coisas sem pensar que de alguma forma poderá ter magoado outra pessoa ? 

Às vezes sou calada , bem para falar a verdade  sou calada vezes de mais , mas sou bastante observadora e na minha opinião só depois de haver alguma convivência é que somos capazes de tirar algumas conclusões acerca do outro - ainda que muitas vezes de forma leviana  e de maneira limitada .  Cada um sabe da bagagem que traz , o que já passou e viveu e isso  consegue moldar as pessoas .  

Ao longo da minha vida tenho-me cruzado com boas surpresas , com pessoas que independentemente do que vestem , comem , falam e  fazem , têm atitudes que admiro , de entrega ao próximo , de dar o que têm sem nunca o cobrarem , de estarem presentes nos momentos mais importantes sejam eles de felicidade ou de maior preocupação , tenho o privilégio de conhecer pessoas  que independentemente de eu estar presente ou não elas têm o mesmo comportamento para comigo . E isso faz-me admira-las ainda mais  .

Mas mentiria se dissesse que só me tenho cruzado com pessoas genuínas , infelizmente também há no mundo e às vezes bem perto de nós,  pessoas que à primeira vista não partem um prato e estão sempre de sorriso aberto quando te veêm mas que na primeira oportunidade te sugam todas as energias , pessoas que te usam para sua própria conveniência e que quando estão servidos te deitam fora até à próxima vez que precisem de ti . 
Apelido-os de bons fingidores , daqueles que a primeira impressão até foi boa mas que com a  convivência surge a desilusão  , porque envenenam relações com mentiras , com diz que disse e quando te veêm continuam com o mesmo sorriso como se nada fosse . 


Por isso , preocupem-se mais com as segundas impressões . 
Beijos, Carla 


6 comentários:

Xica Maria disse...

Não acredito muito em primeiras impressões até porque as primeiras impressões que as pessoas têm de mim nunca são as melhores. Os meus melhores amigos acharam-me detestável.
:)))

Simone Duarte disse...

Bom dia! A verdade é que todos temos defeitos e SEMPRE temos que pensar em agir como se o outro gostaria que agisse se fosse com a gente! E saber, claro, viver com as falhas dos outros. Viver é isso..ser tolerante e paciente!

Ótimo restinho de semana!

apartamento007oficial.blogspot.com.br

Crocheteando...momentos! disse...

Provavelmente...as segundas impressões são mais sentidas...mais verdadeiras!
Bj amigo

nat. disse...

A minha primeira impressão das pessoas que mais me são próximas foram más...
Por isso preocupo-me realmente quando a primeira impressão é muito boa... mas deixo sempre rolar...
Também acredito que a primeira impressão que as pessoas têm de mim não deva ser muito boa...
Beijinhos!

manuela carvalho disse...

Tem toda a razão!
Bom fim de semana, beijinho.

Catarina H. disse...

Eu já tive experiências suficientes para saber que não se deve julgar um livro pela capa, tanto pela positiva como pela negativa.
Mas a verdade é que a maioria das pessoas, infelizmente, ainda julgam as pessoas pela primeira impressão, pela roupa, pelo penteado, se são extrovertidas... e isso é mau, pois a primeira impressão, muitas das vezes não é o que a pessoa verdadeiramente é.
Concordo plenamente com o que dizes, também já conheci pessoas como descreves. Tanto aquelas que nos surpreendem pela positiva, independentemente da imagem que têm, como aquelas que são umas queridas ao primeiro contacto mas que depois se revelam bem tóxicas.
Beijinhos e uma boa semana :)