segunda-feira, janeiro 25, 2016

Charming foxes

O fim de semana passou a correr , já se sabe que é assim - ainda por cima fomos premiados com um fim de semana cheio de sol e que deu para passear e aproveitar bem fora de casa  já que os miúdos andavam sedentos de passeios ao ar livre  e sem chuva :))

Mas hoje mostro-vos o resultado de trabalhos de semanas anteriores , duas raposas encantadoras numa linda sessão fotográfica . 
Elas portaram-se lindamente e eu consegui captar aquilo a que me propunha , 
lá estavam elas serenas e cúmplices uma da outra como se de mãe e filha se tratassem já que serão para uma mãe oferecer à sua filha por todo o amor e dedicação que esta tem tido para com ela num  momento mais triste e dificil da sua vida . 
Agradecer por ter alguém que lhe deu banho e levou comida à boca . Agradecer por ter alguém que lhe cortou as unhas e lavou os dentes . Agradecer porque não esteve sempre deitada numa cama e pôde ver a luz do sol . Agradecer por não ter deixado o Fonfon - o gatinho amarelo que se roça nas pernas de quem lá aparece  - morrer de fome e de sede .
Agradecer por ter  tido companhia .

   E eu pergunto-me porque será que nem   sempre é assim ?
Porque será que muitas vezes depois de nos tornarmos adultos nem sempre valorizamos quem cuidou de nós , quem nos amou e quem nos deu à luz ? Existe algum botão que nos transforma e nos amarga com o passar dos anos que nos leva a esquecer um pai ou uma mãe ?
Quero acreditar que não , quero acreditar que todos somos capazes de amar e de cuidar . Todos . Mesmo aqueles que por alguma razão não receberam tanto amor .







Beijos , Carla


5 comentários:

manuela carvalho disse...

Tem toda a razão! E as raposinhas são lindas!!!
Uma boa semana!

Crocheteando...momentos! disse...

Um capricho de beleza e elegância...bj!!!

Catarina disse...

Como eu concordo com as tuas palavras minha querida!
As raposas estão lindas!!
beijinho enorme e boa semana*

Lulu walkingonsunshine disse...

Bom dia Carla :)
As senhoras raposinhas ficaram lindas .
E as fotos também.
Cabe nos aceitar o que não podemos mudar ,felizmente estou muito perto dos meus pais e dou lhes muito valor .
ainda ontem olhei para o meu marido e dizia lhe "Como é bom ter pai e mãe ,que benção "
Sei que ás vezes é difícil se dividir ,mas aqui como é tudo perto dá tempo para mais alguma coisa .
bj e boa semana
Lulu













Esperança disse...

As raposas estão muito giras!
Não percebo o que leva um filho a esquecer os seus pais... É preciso muita frieza para o fazer.